0d7bbfc1d06f643708c89c9cf97aea36

O esforço estoico de racistas que querem questionar a reparação histórica aos negros porque “existiam negros que possuíam escravos” e “italianos pobres não recebem reparação” chega a ser comovente, seria comovente ao menos, se não fosse uma completa estupidez.

O sistema era escravista, praticamente todos os que podiam tinham escravos, inclusive escravos possuíam escravos, mas nenhum escravo era branco.

Negros escravizavam outros negros sim, assim como eram escravizados por brancos.

Assim como o tráfico negreiro era comandado por brancos e quem possuía o maior contingente de escravos, todos negros, eram os brancos.

O percentual de negros possuindo escravos era ínfimo em comparação com o percentual de brancos que possuíam escravos.

E lembrem-se os escravos em qualquer caso, eram negros.

Negros não podiam por lei nem guardar dinheiro, nem ter posses, não podiam comprar terras.

Se o dono de escravos era negro e ele fosse também escravo, ele não seria dono concretamente desses escravos, o dono seria o branco que o possuísse.

Mesmo o negro livre tinha limitação de posse de bens e escravos e poderia sofrer se houvesse contestação de posses por algum branco.

Sobre a relação entre negros escravos e imigrantes a gente precisa de números: perto de seis milhões de negros escravizados chegaram ao Brasil, a quantidade de imigrantes europeus não chega a um terço disso.

Imigrantes Europeus jamais chegaram ao Brasil com sua cidadania e até sua humanidade retirada.

Imigrantes brancos chegaram ao Brasil podendo ter posses, tendo status de ser humano, muitos, a grande maioria, receberam terra e participaram de projetos de colonização.

Nenhum negro que tenha chegado ao Brasil antes da abolição chegou de outra forma que não escravizado.

Mesmo o pequeno número de escravizados que conseguiu fama e fortuna é nada perto do enorme contingente que não só permaneceu escravizado até a morte, como assim também foi com seus descendentes.

Pra piorar todos, absolutamente todos, os negros jamais conseguiram retomar completamente seu status de seres humanos aos olhos da sociedade, mesmo pós abolição.

Trezentos anos de escravidão construíram uma cultura de inferiorização de negros que ainda não foi reparada, e inclusive é reforçada a cada dia em que racistas utilizam de argumentos toscos pra tentar negar a necessária reparação histórica que a sociedade brasileira deve aos negros.

Então é preciso reparação sim, e beijinho no ombro pra esse recalque babaca de branquinho com cagaço de perder privilégio passar longe.

Comente, mas cuidado...

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s