Pantera-Negra-maior

 

A violência da escravidão negra não atingiu a nenhuma das diversas etnias brancas ou do oriente (Judeus inclusive). Nenhuma sequer cheirou de leve ou sofreu em situação levemente similar. Toda falsa simetria, por isso, é acanalhada e acanalhante.

A vergonha da Shoá é imensa, mas absolutamente distante em parâmetro, em paradigma civilizatório e de construção de um ethos desumanizador e genocida do que foi, e é, o arcabouço ideológico desumanizador de negros surgido com a escravidão.

E acho que entendo razoavelmente de História, em especial da História da escravidão, pra cagar essa regra.

Só no Brasil dá pra falar de pelo menos quatro milhões de negros traficados da África ao Brasil, o que é um peido dos números finais da escravidão, cujo crescimento de cativos era vegetativo e progressivo. Em números internacionais eu chutaria que passam de 40 milhões de negros traficados.

A perversão ia além da supressão da liberdade, da tortura, da desumanização (É, dá pra ser mais filho da puta que isso), mas consistia fulcralmente na destruição de qualquer possibilidade de reconhecimento de igualdade entre negros e de humanidade em comum, tratava-se de agir de forma consciente pra construir artificialmente divisões entre escravos pela tonalidade da cor da pele (quanto mais próximo de branco mais próximo de humano), pela origem (Africanos eram menos dignos de respeito e concessões que “crioulos”, nascidos no país, que sabiam a língua, a cultura, a ordenação social), etc.

Ou seja a escravidão foi um tiro no peito da África que faz a colonização do século XIX, que produziu o germe do massacre de Ruanda entre Tutsis e Hutus, parecer passeio de leiteiro.

Então tire sua falsa simetria e medo branco do caminho que eu quero passar com meu trator.

Comente, mas cuidado...

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s