images

Sabe o que tem me incomodado na parada da quebra da Santa da Marcha das Vadias? A cagação de regra e a critica seletiva à intolerância religiosa.

E não, não me refiro aos críticas da marcha porque podia ter dialogado mais e não ter feito no dia, desses eu discordo, mas entendo a critica.

Tampouco de quem criticou a quebra da santa como erro tático, porque concordo que foi um furo, mas discordo de erro tático da marcha que não tem nada a ver com aquilo.

Acho legítima a quebra da santa e o gesso no fiofó, embora discorde.

Sim, é possível isso, não é preciso apenas ou condenar ou aprovar, é possível qualificar uma critica e ir além de binarismos babacas.

Só que o que vem me incomodando é que 90% e quem condena a quebra da santa foca só nisso, pega só nisso e em geral são homens, o que é sintomático.

Aliás, quem não é homem criticando já esteve envolvido em machismo direto ou indireto.

E acho muito engraçado que criticas a quem na marcha “radicalizou”, são notadamente ladeadas por uma série de indicações do “crítico” a como a marcha deve se comportar. Indicações estas que vão desde condenação também às “mulheres nuas” ao foco enfático na quebra da santa, um ato de 30 minutos feito por duas pessoas em uma marcha de três horas onde estiveram milhares.

Ou seja, o foco na quebra da santa esse ano foi sim, como bem disse a Senhorita Bia, igual ao ano passado na ocupação da escadaria da igreja e será ano que vem no que quer que seja, pois o problema não é o choque de gesso no cu em uma performance onde se quebrou a santa, mas é a marcha.

São as mulheres na rua, estúpido!

Aliás, eu fico impressionado como se ama imagem de santo..

Porque olha…. Adoraria ver essa santa indignação relacionada à quebra de imagens de santo em terreiros de Umbanda por evangélicos, com ênfase igual, fome igual.

Eu mesmo já postei váaarias vezes notícias a respeito: Indignação zero.

Me parece que existem imagens e imagens, imagens que quebradas ofendem, se feitas diante de católicos, e que se quebradas não ofendem. Se os donos da imagem forem praticantes e sacerdotes de religiões de preto que se fodam.

Sim, porque além do machismo implícito nas cagações de regra há o choque seletivo, um choque branco, católico e cuja noção de intolerância religiosa passa ao largo da intolerância da religião com as mulheres, os gays, quem defende legalização do aborto,etc.

 Sim, porque a organização da JMJ distribuiu fetos de plástico e uma cartilha de “bioética” que ofendia brutalmente gays e trans, cês sabem,né? Não? Ué, cadê a santa indignação ao contrário? Ou pode? quando a fé remove os limites entre o religioso e o secular e ofende grupos sociais inteiros pode? tá de boa?

Também passa ao largo o choque com a intolerância religiosa se a religião não é branca e o Cristo não tá crucificado na parede.

E me sinto absolutamente à vontade para entrar na seara da quebra de santo e na indignação,  porque como umbandista jamais vi tanta ira santa quando as imagens quebradas são as de preto, quebras essas aliás que foram celeremente chamadas como exemplos para condenar a quebra da imagem na marcha das vadias, porém NUNCA tiveram tanta atenção, inclusive de muitos que as usaram como exemplo, quanto teve a quebra na JMJ.

Aliás, parabéns aos que quebraram a santa na Marcha das Vadias, porque levantaram mais uma questão: Que intolerância religiosa é essa que é tolerada, invisibilizada quando atinge religião de preto, mas ganham páginas e focos de mídia e dos neo-chocados quando atinge a religião branca, católica da tradição, família e propriedade?

Vamos ter cuidado com a rapidez das criticas à “intolerância religiosa” e ao binarismo e vamos pensar mais um pouco sobre o quanto nós acabamos é defendendo um status quo e n;ão nos indignando quando este mesmo status quo é tolerante e opressor?

Fica a dica.

Anúncios

Comente, mas cuidado...

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s