Arnaldo Branco nos idos de 2003 brincava com o Slogan de Lula ao fim da eleição de 2002, “A Esperança venceu o medo”, e acho que na nomeação de Henrique Meirelles cunhou o chiste “O medo empata o jogo e sufoca a Esperança”.
Oito anos depois Dilma Roussef e seu governo instauram um impasse no diálogo com movimentos sociais, recuam em avanços do Governo Lula e apontam com Belo Monte, o desmonte do Minc e a “Comissão da meia verdade”, entre outros atos desgoverrnados, para um avanço cruel do fim de toda a esperança, morta a pauladas por um medo concreto da burocracia não só dominar governo e  Partido, como aliar-se ao pior do ruralismo e do mundo reacionário e realizar o que temíamos que Serra realizasse com requintes irônicos de crueldade. 
Se o Neoliberal carola e neo-fascista foi superado nas urnas o que se vê é um retrato fiel do mais sórdido stalinismo proto-fascista em marcha, tanto no governo quanto no que antes era um partido socialista chamado Partido dos Trabalhadores. 
Em nome do desenvolvimento até a cidadania vira um valor relativo para o governo e seus defensores ferrenhos e plenos em desonestidade, sofismas e truísmos. Cidadania vira algo a reboque de um desenvolvimento que exclui quem se opõe ao avanço do trator do “progresso” seja ele índio, negro, pobre, macho ou fêmea.. opôs-se? passemos por cima.
 “O Brasil precisa crescer”, dizem ávidos ministros, apoiadores e milicia progressista que na virtualidade são prenhes dos mais covardes métodos de defesa do indefensável.
A formação de milicias virtuais  para resistirem aos sórdidos ataques feitos à Presidenta nas eleições de 2010 pelos eu adversário e câncer José Serra se mostrou de muita serventia para a resistência ao bombardeio que os movimentos e militantes de esquerda iniciaram quando o governo mostrou-se muito mais conservador que seu predecessor recuando avanços deste e mais ainda, impedindo outros avanços, votando o código florestal que praticamente legaliza o ecocídio, recuando em avanços na educação que seria proporcionado pelo Kit Anti-homofobia, destroçando a comissão verdade ao ponto de impedir que familiares de desaparecidos e presos discursassem em cerimonia e negar qualquer tipo de abertura de arquivos e agora com o recrudescimento da resistência a Belo Monte com uma das mais sórdidas campanhas de desqualificação dos que condenam o apelidado pelos movimentos sociais de “Belo Monstro”.
Nos moldes fascistas a tropa de elite Governista chega aos píncaros da Glória de dizer que os indígenas são “nômades” e nem notariam o empreendimento.  Com relação ao massacre dos Guaranis a omissão chega a graus criminosos e nenhuma linha da “nova imprensa” progressista. 
Esta aliás atua ou em bloco insano de defensores a qualquer custo, armados de desqualificação e truísmos sobre Belo Monte ou bastam a si mesmos com um silencio constrangedor, calculado, que torna-se um claro indicio de agirem exatamente da mesma forma que o que chamam de PIG, mas a favor.
O voto que foi arrancado a fórceps de muitos e propagandeado como manutenção de avanços se transformou na abóbora do rodo, do trator, da insensibilidade social, ambiental, de gênero, histórica e anti-homofobia, se transformou no pior pesadelo de qualquer um que olhe pra fora dos antolhos do mais imbecil pragmatismo e se entenda de esquerda, um governo fortemente alinhado ao mais pútrido desenvolvimentismo a  serviço do conservadorismo e nada sensível às causas mais caras dos campos socialistas e de esquerda.
A esperança foi substituída pelo assustador e impotente medo. Um medo que tende a ser duplo, por temer também a alternativa ao estupro cotidiano do mais humanista sentido do que é política.
PT e PSDB  digladiaram por muito tempo para obterem o controle do governo e  hoje capitaneiam a nau de uma sociedade cada vez mais amante de medidas de exceções e do fascismo.
Parabéns a todos os envolvidos.
Anúncios

Comente, mas cuidado...

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s