O Stanley Burburin é o pseudônimo de um dos maiores ativistas virtuais de apoio a Governo Dilma, fonte constante de Rodrigo Vianna e Azenha do VioMundo. Foi um dos destacados personagens na apuração de notícias, informações sigilosas e outras ações durante a campanha, sempre a favor de Dilma. Hoje atua na difamação da oposição de esquerda e sob o silencio omisso dos que se consideram “Blogueiros Progressistas”. 


O Apoio ao Governo vale chegar a este nível de sujeira e omissão? E não me venham tratar o nobre autor como um tolo açodado, ele é e era considerado um dos luminares de inteligencia e perspicácia durante a campanha. Sabe o que está fazendo e muito bem! Sabe o alcance disso e que é inatingível, por anônimo.


Esse tipo de tática é normal e frequente no mundo politico, e infelizmente muito mais do que o desejável no mundo considerado de esquerda,é artimanha típica de facções autoritárias, especialmente Às identificadas com Stálin.  A tática funciona em várias fentes, mas uma delas é o de criar argumentos explosivos, mesmo que falsos, pra “combates” mais quentes, incendiados, onde o boato pode grassar e causar redução da capacidade de convencimento dos que se opõe a um projeto defendido pela facção Difamadora. É mais um movimento de chamamento à “tropa” inciado pelo Eduardo Guimarães e sua “PSOLização”  e depois seu apelo patético à luta contra Hitler (Ah a lei de Goldwin!) e que consiste em de alguma forma reanimar a “torcida” para a continuidade da defesa intransigente do Governo que defendem. A torcida pode estar bem cansada de continuar a defender um projeto que até agora não recuou ainda em poucas causas tidas com bandeiras de esquerda. Quando o argumento da paciência com o governo falha (paciência de monge tibetano depois de quase dez anos de paciência)  é preciso apelar para a defesa do projeto a qualquer custo, para que toda a discussão “polêmica” seja feita fora dos holofotes críticos do mundo mau e “irresponsável”.
O grau de queda de nível e uso de argumentos abaixo da linha da cintura é surpreendente pela especialidade do revelar novos fundos de um poço sem fundo, chego a cogitar substituir a Petrobrás na exploração do Pré-Sal por Blogueiros Progressistas e suas fontes anonimas. 

A questão é Governar vale isso? Claro que a questão não é pra Stanley e Eduardo, cujo apelo à argumentos abaixo do mínimo de respeito às pessoas e à inteligencia alheia causam certas dúvidas que vão da sanidade ao interesse desta defesa tão feérica, mas pra quem ainda se considera desde honesto a de esquerda e que por algum problema ou de cognição ou excesso de fé ainda permanece brandindo sua bucólica, rasgada e pisada bandeira de uma esquerda cada vez mais abandonada pelo governo que apoia. Governar vale isso? 

Em nome da paciência com o governo o afastamento da base de esquerda do governo das bandeiras fundamentais da esquerda ou do grau minimo de honestidade no tratamento das criticas aos recuos do governo leva a um paulatino afastamento da esquerda como um todo, ou vocês acham mesmo que a esquerda não ligada ao PT e ao Governo ainda permaneça fofa e “paciente”? Existem monges tibetanos de esquerda? Nunca vi um. 

E tudo isso parece também uma resposta ao que consideram uma difamação de Palocci, isso não se pode ignorar. A Esquerda do PT está do lado de Palocci?

Governar vale a cada dia queimar mais pontes? Vale a cada dia mentir, urinar sobre a biografia de lutadores, mesmo que os mais equivocados deles? Plinio de Arruda jamais apoiou a ditadura, foi cassado por ela, e isso é algo que deveria ser respeitado, ainda mais pra apoiadores de um governo que se propõe de esquerda. O que faz essa base do governo, e sim dona esquerda do PT com sua cumplicidade, é rasgar completamente qualquer possibilidade de diálogo com quem não apoia o governo, mas está em lutas que porventura 
parte da esquerda aniquilada do PT está.


Não vi Burburinhos ou Eduardos Guimarães nas ruas do Rio de Janeiro apoiando a mais que justa reivindicação dos Bombeiros,inclusive boa parte parte dos tais “Blogueiros Progressistas” manteve um silencio omisso que foi quase ensurdecedor, e com Eduardo Guimarães em sua cabeça de ponte de silencio e omissão (Se quiser confirmar procure em AbrilMaio  e Junho se ele cita a luta dos Bombeiros). Vi gente do PT na rua, mas não li a maioria dos “Progressistas” falando algo sobre a luta. Será porque Cabral é aliado carnal do Governo? Pode ser maldade minha e se for me desculpem, mas é estranho, não? Não é estranho o silencio com relação à lutas importantes e apoiadas até por Clarissas Garotinhos e o próprio Pt do Governo Dilma, mas essa súbita tagarelice pra difamar um lutador? Será que por ele ser só do PSOL? Então a luta partidária pode ter como arma a difamação e é mais importante do que as demandas da sociedade?


Governar vale isso?

Governar vale isso? Vale difamar um homem honrado que discorda do Governo, fundou o PT, foi candidato pelo PT e membro até 2005 sendo um destacado homem de sua esquerda? 


Governar vale isso? Pelo jeito vale. 
Anúncios

4 comentários sobre “Difamando Plinio de Arruda Sampaio. Governar Vale isso?

  1. Interessante você citar o movimento dos bombeiros. Aqui na Bahia – Estado cujo governador é Jaques Wagner, do PT – aconteceu uma greve dos professores das Universidades Estaduais. Para se ter uma ideia, a Universidade Estadual de Feira de Santana permaneceu 66 dias – a UESC ( Universidade Estadual de Santa Cruz em Itabuna) também. Pois bem: no melhor estilo da truculência que todos pensavam ter acabado na Bahia carlista, o ex-sindicalista Jaques Wagner resolveu suspender o pagamento aos professores grevistas. Tal medida apenas piorou a relação do governo com os docentes universitários – que não aceitam uma cláusula que congela os salários por quatro anos. E sem falar de um decreto ( Decreto 12.583/11) reduzindo os gastos para as universidades em 2011. Neste período os professores não deveriam realizar outras manifestações. Uma espécie de "mordaça". Desde o final de Maio a Justiça ordenou que o governo da Bahia pagasse os salários dos docentes em greve. O que não foi acatado pelo governo. Os professores chegaram a acampar na Assembleia Legislativa da BA para exigir o cumprimento do pagamento dos salários e protestar contra a intransigência do governo em negociar. Enfim, para terminar: uma greve grande, em que professores e alunos das Universidades baianas estiveram unidos reivindicando não apenas a questão salarial mas também o corte de verbas para a educação superior – enquanto a propaganda do governo da BA nas mídias vai de vento em popa. Eu vi poucos dos chamados "blogueiros progressistas" tratando deste assunto. Alguns sequer fizeram UMA ÚNICA MENÇÃO sobre greve de tamanho porte! Se isso acontecesse em uma universidade estadual paulista, sabemos bem a dimensão que isso tomaria. O governo Wagner, na área da educação, tem sido sofrível. Os professores da rede básica de ensino, se quiserem um 'aumento salarial' além do pouco mais de 5% de reajuste dado este ano, tiveram que se submeter a uma avaliação (chamada de "processo de certificação) como se fosse um vestibular para, se aprovados e se o IDEB da escola e o orçamento permitirem, ganhem uns 10% ou 15% a mais no contracheque. Um absurdo e mais uma vez poucos falaram ou fizeram menção sobre isso. E o no twitter a tag #greveuebas circulou pela TL de muita gente. Não podem alegar desconhecimento jamais. Governar vale isso? Difamar, omitir, desprezar, enxergar apenas um lado? Desculpe o longo comentário, mas é que esse tipo de coisa é deprimente. Um abraço.

    Curtir

  2. Lindo artigo, Gilson. Infelizmente tem que ser escrito. Espero que muitos companheiros (sim, companheiros) da esquerda do PT, essa senhora sofrida, leiam e reflitam qual o preço da adesão acrítica ao governo de Dilma. Topo conversar, topo negociar, topo entrar em acordo por agenda mínima. Mas tem coisas que não dá.

    Curtir

  3. Renata, eu entendo os caras como companheiros na rua, mas com esforço e por causa da agenda, mínima que seja, porque com eles em especial não tá dando. Eles estão na dívida e muita, por causa do grau de sujeira das táticas.Mas vambora que amanhã talvez estejamos oficialmente lado a lado e nenhuma raiva temporária vai durar.

    Curtir

Comente, mas cuidado...

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s