Existem épocas estranhas na vida que parecem brincar com o conceito Marxista da História como farsa. As novidades do Governopetismo Lulo Dilmista, categoria que cresce tanto quanto a família do Romário, nos levam a reformar a categoria de cheer leader e de brizolismo, transformando-a em uma paródia esquisitona capitaneada por lideranças antigamente críticas que hoje brincam com nossa inteligencia e com a própria dignidade pra justificar como atos de esquerda atos injustificáveis. Como dizem a talentosa Niara e a primorosa Luka: Dá mais não, Tio! Respeito pra dedéu negozinho apoiar até transa do capeta com a mãe em nome do projeto particular, coletivo ou extraterrestre de poder, dane-se, cada um sabe o fiofó que tem, mas quebra essa e não me chama de mané com argumentos abaixo da linha da cintura, beleza brou?
Tamos aqui no virtualíssmo e  mundano mundinho (deu rima) da Ternete, a rede social com nome de empregada de novela do Manoel Carlos, e chega um líder de torcida do Governopetismo lulo-dilmista mandando na lata, sem vaselina , sem vergonha e com muita sensualidade banhada em óleo de peroba que “Dilma vetou o Kit Antihomofobia pra sacrificar um peão menor em nome da aprovação do PLC 122”. Tamos aí pra rir da parada em nome da recém inaugurada carreira de humorismo do nobre ator. Todo mundo citado no texto e mais dez minutos de gente já explicou que não dá pra fazer essa jogadas porque nem trocador cego troca dez real por nota de 50, quanto mais pastor, que tem terceiro olho com microscópio em se tratando de poder e dinheiro, beleza? Deu pra entender sem repetir os nobres coleguinhas que se nego veta o kit-antihomofobia, popularizado pela imprensa porca como “kit gay”, pra pagar pelo apoio dado pela pastorada infante e brejeira pra Dona Dilmônica  na eleição, magina com um projeto que enfiará de alguma maneira vários coleguinhas brejeiros no sensual mundo do xilindró por crime de ódio,né? Sou da esquerda cachorro louco de partido pequeno, mas sou limpinho, tio! Perdi, mas não esculacha!
Tamos aí pra ajudar à rapaziada a entender qual é a parada, qual é o pó, da atitude pouco respeitosa com a  própria e a nossa inteligencia vinda de figuras públicas, atorais, blogueiras e só virtuais mesmo. A questão é que negozinho apoia sem nem querer saber e pra animar a pobre militância jogada diariamente pra casa do famosíssimo caralho pela cópula do PT e seu Governo Dilmático, militância esta que paga com o saco e os famosíssimos ouvidos de penico pela traquinagem brejeira da governabilidade libidinosa, dá saltos mortais escarpados na maior nice, sem sombra de medo, vergonha ou respeito próprio. A rapaziada apoia com amor, com raça, com coragem, com uma pá de coisas mal explicadas, mal entendidas, mal sabidas e mal contadas. 
Esse apoio irracional, que não rima lé com cré, despreza e bundaliza a política em nome de qualquer merda de argumento que se tenha à mão, não é um apoio à toa, principalmente dessas figuras públicas,quase púbicas, é uma ação clara, inteligente, de exposição das Cheers leaders que animam a rapaziada que tava ali orfã e que começa a repetir que nem papagaio que este governo é de “esquerda”, mesmo mandando a floresta pra casa do pai do caralho, mesmo mandando a militância LGBTT e seus combativos parlamentares tirarem fichas de imbecis e/ou oportunistas vetando ponto a ponto suas bandeiras, assim que suas líderes começam a popularizar o discurso rasteiro. Pra chamar a oposição de esquerda de radical e irrelevante é dez minutos, mas antes eles dizem que é tudo a PIG e pra pegar o Palocci.
Falando no Boi de Piranha mais caro do mundo, tamos aí pra tentar entender mais uma vez outra ação das líderes de torcida:  Qualé essa de tentar desviar as cagadas do governo e  do próprio boizinho dizendo que o moralismo jornalístico do PIG é de ocasião? Isso é mais velho e conhecido que cara de bebê parecer com joelho. As cagadas do Palocci serem ocultadas pelo governo e pela militância sob esta capa de comparação com ladrões tucanos não levam em conta o motivo do escândalo de um cara do governo “De esquerda” do PT ser chamado,de novo,de ladrão. O PSDB é ladrão? Foda-se, o PSDB nunca foi referencia de esquerda, socialismo e  ética e tá mais mal explicada que batom na cueca essa do cara ficar rico em um ano.Triste é ver Rodrigo Viana entrando nessa e ajudando na esculhambação da política como uma imundície coletiva, como a Folha adora fazer e faz muito bem cuidando do interesse de quem cuida.
A questão do Palocci é mais uma e já tratei aqui, o que emputece é o ato duplo de tanto negar que tem coelho no mato do Palocci quanto usá-lo pra justificar os vetos do kit antihomofobia e a aprovação do código florestal como pagamento da salvação do Palocci. Cês tão me chamando de otário de novo, né seus safadinhos? O Palocci se salva na citação nominal de ex-safadinhos que nem ele e na chantagem do próprio governo com os “moralistas” da oposição. Os próprios jornais pegam mais leve com ele do que pegaram com a Erenice, e de boa, até quando a casa civil vai ser ocupada por negozinho que lucra de alguma forma?
Mas a questão aqui é usar o Palocci como boi de piranha pra ocultar que o pagamento da dívida com a bancada da fé e com o ruralismo foi feito porque a dívida foi feita lá atrás, com carta aos evangélicos e o cacete, e nela é claro o indício que nego vai vetar o PLC 122. sem contar que Dilma usou muito bem o o “opção sexual” pra sinalizar a quem é de direito qual vai ser a do governo. Ela sabe bem as diferença entre este termo e o certo, como novamente mandou na gaveta dona Niara. A questão do Palocci nem rela na bagaça, nem rela, Palocci é uma questão de outra linha de manter o governo na mão, seguindo uma linha de operação, é uma outra chantagem, mas não é a que paga o código florestal e o veto do kit.
Então poupem a gente de pagarmos com nossa inteligencia o caso Palocci como pai dos vetos, porque não cola. E tem mais, nos poupem da hierarquização de Palocci com relação ao código, se Palocci é mais importante que o código florestal e Palocci é lula cês venderam o Lula errado pra população e venderam um estelionato eleitoral, parafraseando o Jean Willys (que foi chamado de oportunista pela claque Governopetista), vestindo um operador lobista de papai noel de Garanhuns.
E enquanto a banda toca no Gran Circo Estrela Vermelha, FHC aparece no Fantástico e lança a defesa da descriminalização da maconha, repito, da descriminalização da maconha. Tratado como idiota por metade mais um da inteligentsia governo petista líder de torcida, FHC ontme foi responsável não só por uma pesquisa televisiva da Globo, repito, da Globo onde a descriminalização ganhou por 57% dos votos, mas pelo bafafá contemporâneo de nego comprar cebola como se fosse batata, e on line.
Primeiro porque a rapeize fechou com o FHC direto, sem parar pra pensar no que defende , a legalização das drogas, e no que ouviu, a descriminalização da maconha. Segundo porque uma parte da reapeize descolada partiu pro apoio porque o cara foi “maneiro”, sem notar que o que ele defende ainda é o conservador término de crime pro usuário, mas manutenção do proibicionismo pra passar o rodo na rapaziada e manter o comércio como crime, ou seja, libera o fumante da maconha, e só da maconha, de ser criminoso, mas mantém proibido o comércio que continuará nas regiões mais pobres e sendo reprimido duramente pela polícia. Sacaram? Que se safa é a rapeize que fuma um pela aí, a maioria, aposto, nos apês mais burgueses. O cara que volta pra casa e vê a favela tomada, tiro comendo, continua nessa, a não ser que more na área de UPP, minoria.O terceiro e mais importante foi a incapacidade de negozinho perceber o que tá rolando há anos: Nas margens dos recuos do PT a direita tá entrando de sola em bandeiras antes defendidas pela esquerda e as tornando outras bandeiras, dentro dos marcos liberais e mais recuadas do que as nossas, ocupando espaços da esquerda e pavimentando uma vitória do conservadorismo à véra mais na frente. E aí depois dessa tu vê a maioria da claque, da Torcida Organizada Vermelhões da Fiel manda que “Cada um lança o perfume que tem à mão, mesmo os mais fracos, logo o PT lançará o seu e ninguém sentirá o do Tucano”. 
Fico aqui pensando se nego é burro, é lerdo, tá de sacanagem, tirou os óculos pra ir ali ou só embarcou no triunfalismo neo-brizoleiro e paga com o couro mais tarde.
Enquanto a claque que tinha, ou tem, nego de esquerda e com numero relevante e que poderia ocupar o espaço deixado vago pela notória guinada conservadora e definitiva do PT pra um centro cada vez mais direita, faz a festa do malabarismo verbal, da utopia palocista, do bullying com a oposição de esquerda e da negação peremptória de cagadas, a direita tá aí usando gente nada burra como aríete pra abrir a porta de gente de classe média, que votava na esquerda, mas que compra qualquer descriminalização de maconha, abraço na lagoa e fim do desmate da floresta da Tijuca como consolo pro fim da moralidade. 
Parte da esquerda não vê ou não quer ver isso, talvez porque se console com elogios do Bolsonaro.

PS: Neste dia fofo às 20:00 mais ou menos surge a notícia do fim do
PNBL.. tá ficando bão.

Anúncios

Comente, mas cuidado...

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s